Publicado em 13/05/2019 por TV Senado
Notícias da FAP/MG
Proposta de reforma não combate privilégios, denunciam técnicos

13/05/2019 - Durante audiência pública, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal, realizada nesta segunda-feira (13/5), debatedores afirmaram que a proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo Bolsonaro ao Congresso (PEC 6/2019) destrói o sistema de seguridade social definido na Constituição de 1988.

 

O debate na CDH discutiu Previdência e trabalho com foco na auditoria da dívida pública. Os participantes entendem que o problema não está no deficit da Previdência, mas na política econômica, que privilegia o pagamento de altas taxas de juros da dívida.

 

O representante do governo, porém, afirmou que o envelhecimento da população compromete o sistema de solidariedade entre as gerações, base do sistema previdenciário atual.

 

A condução dos trabalhos foi do senador Paulo Paim, crítico ferrenho da proposta de reforma da Previdência.

 

Clique aqui e veja mais na reportagem da TV Senado.