Notícias

08/06/2018 - Notícias da FAP/MG
COBAP fará empréstimo bancário para ressarcir pessoas que viajariam à Itália
por FAP/MG

08/06/2018 - O Conselho Deliberativo da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (COBAP), reunido em assembleia extraordinária, na tarde de quinta-feira (7/6), autorizou a Entidade a contrair empréstimo bancário para ressarcir as pessoas que viajariam à Roma/Itália e também garantir a excursão a Cancun/México, agendada para agosto próximo.

A assembleia aconteceu na sede da COBAP, em São Paulo, com presença de 26 conselheiros de vários estados. A deliberação foi unânime.

A reunião foi presidida pelo advogado catarinense Osório Diesel, que democraticamente conduziu os trabalhos e franqueou a palavra a todos que desejaram.

Inicialmente, foram convocados o presidente da COBAP, Warley Martins, e o diretor financeiro, Gildo Arquiminio, para fazer esclarecimentos e sanar dúvidas dos representantes das entidades de base. Também se pronunciaram os advogados José Idemar Ribeiro, Sueli Mendes e Maria Dornelles.

"Por unanimidade, 26 membros do CODEL aprovaram o único tema debatido, dando plenos poderes para a Diretoria Executiva atuar, dando nova demonstração de confiança na seriedade e competência administrativa dos atuais dirigentes", conforme publicado no site da COBAP.

PESADELO - A viagem à Itália, promovida pela cooperativa Cobap Viagens, que deveria acontecer em maio passado, foi cancelada poucos dias da data marcada. A empresa Super Sonho, de São José do Rio Preto, São Paulo, contratada para adquirir as passagens aéreas, não cumpriu o contrato, alegando problemas e dificuldades.

A COBAP decidiu arcar com o ressarcimento às mais de 170 pessoas prejudicadas, enquanto a questão não é resolvida com a empresa Super Sonho, inclusive a integral devolução do dinheiro adiantado para a compra das passagens.


Com texto da COBAP

Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.
A-     A+

Não à PEC 287

Enquete
Quais as ameças do Governo aos trabalhadores e aposentados?
Reajuste anual abaixo da inflação
Pensões e aposentadoria abaixo do Salário Mínimo
Fixar idade para aposentar aos 65 anos e subir para 75 anos
Retirar recursos próprios da Previdência para pagar dívida
Dificultar e negar pagamento de pensão por morte
Dificultar e negar pagamento de auxílio doença
Cortar investimentos em saúde, educação, segurança...
Todas as opções acima e muitas outras
Agenda