Notícias

11/07/2018 - Notícias da FAP/MG
Prédio em BH, pertencente a aposentados da telefonia, é desocupado
por FAP/MG

11/07/2018 - Um prédio de 14 andares na Avenida Afonso Pena, a principal do centro de Belo Horizonte, foi desocupado neste mês de julho de 2018, depois de ficar vários meses sob controle de pessoas carentes.

 

A desocupação aconteceu depois de um processo judicial, que garantiu à Fundação de Seguridade Sistel o direito à reintegração de posse, e de negociações com a Prefeitura de BH.

 

A Associação dos Aposentados e Pensionistas do Setor de Telefonia de Minas Gerais (Astaptel) e a Federação das Entidades dos Aposentados e Pensionistas de Minas Gerais (FAP/MG) participaram ativamente das negociações.

 

Desde as primeiras reuniões, com autoridades do Judiciário, Ministério Público, Polícia Militar, prefeituras e entidades representantivas dos ocupantes, o posicionamento da FAP/MG e Astaptel foi pelo entendimento e negociação pacífica.

 

Contudo, as duas entidades e mais a Fundação Sistel manteviram firme o esclarecimento de que o prédio passava por uma reforma, nunca esteve abandonado, não pertence a nenhum órgão público e nem a empresa privada.

 

O prédio contitui patrimônio dos trabalhadores aposentados e pensionistas de empresas como Telemig, Telemar e outras. Sua finalidade é ser alugado para gerar renda destinada ao pagamemto das aposentadorias e pensões custeadas pela Sistel.

 

Robson de Souza Bittencourt, presidente da FAP/MG, elogiou o processo de negociação realizado e disse estar satisfeito com a desocupação. "O direito à moradia é inegável. Buscar soluções exige medidas urgentes. Mas os aposentados e pensionistas não têm condições de assumir esta responsabilidade. Também somos bombardeados com reajustes abaixo da inflação, cortes de direitos e inúmeras medidas de desprezo pelas pessoas mais velhas", completou Bittencourt.

Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.