Notícias

05/02/2020 - Notícias da FAP/MG
Ato dos aposentados - BH - dia 12 - PARTICIPE!
por FAP/MG

Ato dos Aposentados em BH - 12-02-2020

 

05/02/2020 - A aposentadoria tornou-se inviável. Mantidas as regras atuais, muito em breve seremos um País de idosos miseráveis.

A Federação das Entidades dos Aposentados e Pensionistas de Minas Gerais (FAP/MG) convida a todos a estarem na Praça Sete, na próxima quarta-feira (12/2), com faixas e cartazes contra o fim da aposentadoria, o rebaixamento dos valores das pensões e aposentadorias e o desmonte da Previdência Social.


O ato é promovido pelo SINAP e terá a participação de associações de aposentados e pensionistas, de centrais, federações e sindicatos de trabalhadores urbanos e rurais, entidades de servidores públicos de todas as esferas, movimentos sociais e populares.


Esta manifestação retoma a luta dos trabalhadores, dos aposentados, pensionistas e de toda a população. Os eventos programados para 24 de janeiro (Dia Nacional dos Aposentados) foram cancelados em virtudes das chuvas.


Venha se manifestar contra a destruição dos direitos, a falta de empregos e de condições dignas de trabalho. Protestar também contra privatizações, como a da Petrobrás - patrimônio do povo brasileiro - e de empresas públicas de processamentos de dados que possuem milhões de dados de todos nós.


Dois exemplos são a Dataprev, responsável pelos 35 milhões de pagamentos do INSS por mês, e a Serpro que controla todos os atuais dados da população em poder do Governo Federal.


Resistir é preciso. Não podemos ficar calados e sem fazer nada diante da reforma da previdência e das novas e muitas mudanças que os Governos querem fazer contra os trabalhadores. Somos contra a colocação de militares no INSS. Melhor e mais barato é fazer concurso público para dar emprego a quem precisa.


Somos contra aumentar a contribuição para a Previdência dos atuais servidores públicos, JÁ APOSENTADOS, de 11 para até 22%.


Trabalhadores e a população começam a sentir na pele e no bolso os efeitos das reformas trabalhista e previdenciária. Nosso objetivo é retomar a unidade, construir juntos uma agenda permanente de lutas e de denúncias.


Venha contribuir e somar esforços. Unir trabalhadores rurais e urbanos, formais e informais, servidores das três esferas, toda a população.

 

Resistir é Preciso:  Ato dos Aposentados e de toda população
Dia: 12/02 - quarta-feira
Hora: 10 às 14 horas
Local: Praça Sete - Quarteirão fechado da Rua Rio de Janeiro com Rua Tamóios. BH.

A aposentadoria tornou-se inviável. Mantidas as regras atuais, muito em breve seremos um País de idosos miseráveis.

 

A Federação das Entidades dos Aposentados e Pensionistas de Minas Gerais (FAP/MG) convida a todos a estarem na Praça Sete, na próxima quarta-feira (12/2), com faixas e cartazes contra o fim da aposentadoria, o rebaixamento dos valores das pensões e aposentadorias e o desmonte da Previdência Social.

 

O ato é promovido pelo SINAP e terá a participação de associações de aposentados e pensionistas, de centrais, federações e sindicatos de trabalhadores urbanos e rurais, entidades de servidores públicos de todas as esferas, movimentos sociais e populares.

 

Esta manifestação retoma a luta dos trabalhadores, dos aposentados, pensionistas e de toda a população. Os eventos programados para 24 de janeiro (Dia Nacional dos Aposentados) foram cancelados em virtudes das chuvas.

 

Venha se manifestar contra a destruição dos direitos, a falta de empregos e de condições dignas de trabalho. Protestar também contra privatizações, como a da Petrobrás - patrimônio do povo brasileiro - e de empresas públicas de processamentos de dados que possuem milhões de dados de todos nós.

 

Dois exemplos são a Dataprev, responsável pelos 35 milhões de pagamentos do INSS por mês, e a Serpro que controla todos os atuais dados da população em poder do Governo Federal.

 

Resistir é preciso. Não podemos ficar calados e sem fazer nada diante da reforma da previdência e das novas e muitas mudanças que os Governos querem fazer contra os trabalhadores. Somos contra a colocação de militares no INSS. Melhor e mais barato é fazer concurso público para dar emprego a quem precisa.

 

Somos contra aumentar a contribuição para a Previdência dos atuais servidores públicos, JÁ APOSENTADOS, de 11 para até 22%.

 

Trabalhadores e a população começam a sentir na pele e no bolso os efeitos das reformas trabalhista e previdenciária. Nosso objetivo é retomar a unidade, construir juntos uma agenda permanente de lutas e de denúncias.

 

Venha contribuir e somar esforços. Unir trabalhadores rurais e urbanos, formais e informais, servidores das três esferas, toda a população.

 

Resistir é Preciso: Ato dos Aposentados e de toda população

Dia: 12/02 - quarta-feira

Hora: 10 às 14 horas

Local: Praça Sete - Quarteirão fechado da Rua Rio de Janeiro com Rua Tamóios. BH.

 

 

Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.
Calendário INSS

Calendário INSS 2020

A-     A+

Não à PEC 287

Agenda
Enquete
Igrejas devem pagar impostos e contribuições para o INSS?
Não
Sim, com critérios
Sim